CÂMARA MUNICIPAL DESCALVADO

Do Estado de São Paulo

Vick Francisco quer a retomada das atividades no CCI do bairro Santa Cruz

Atividades paralisadas há meses têm prejudicado os idosos

O Centro de Convivência do Idoso – CCI “Dona Pina Sapienza”, do bairro Santa Cruz, por iniciativa do Governo Municipal anterior cessou todas as atividades em 2016, estando trancado e abandonado desde então. O vereador Luiz Carlos Vick Francisco (PPS), nesta semana, apresentou propositura ao Prefeito visando a reabertura daquele espaço, que foi construído para dar atividades de laser e entretenimento aos idosos.

No local eram promovidos diversos eventos, bailes, almoços, bingos e programas de esporte e lazer à 3ª Idade. Entretanto, hoje, o local só acumula mato e sujeira.

“O Governo Municipal anterior, que pouco fez em benefício da população, teve por capricho trancar um prédio público que vinha sendo utilizado e conservado pelos próprios idosos, praticamente sem nenhum gasto de dinheiro público. Infelizmente, o governo atual comete o mesmo erro, mantendo o prédio fechado e abandonado. Com isso, os idosos de nossa cidade estão sendo prejudicados, pois, não têm opção de laser, nem local para fazerem exercícios físicos. O Prefeito Becão tem que regularizar essa situação com urgência, pois, foi gasto muito dinheiro público para construir um prédio destinado aos idosos, que já não têm opção de laser em nossa cidade.”, comentou Vick Francisco.

Onde foi parar a verba para construir a piscina de hidroginástica?

Ainda em relação aos idosos, Vick Francisco também quer saber onde está a verba de R$130.000,00, que o Deputado do PPS, Vitor Sapienza, enviou à Descalvado, no Governo passado, para construir uma piscina de hidroginástica e vestiários ao lado do CCI da Santa Cruz.

Durante o Governo Henrique, a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social informou que parte dos recursos, R$80.000,00, seria utilizada na reforma de uma casa localizada na Rua José Rodrigues Penteado, com objetivo de atender os moradores de rua. “No entanto, pelo estado de abandono e mato alto, vejo que nenhuma reforma foi feita naquela casa e também não foi construída a piscina, nem os vestiários. Minha pergunta é: onde foi parar esse dinheiro?”, questionou Vick Francisco.