CÂMARA MUNICIPAL DESCALVADO

Do Estado de São Paulo

Vick Francisco defende adicional para servidores “linha de frente”

O vereador Luiz Carlos Vick Francisco (PTB) defende que o Executivo pague um adicional ao salário dos servidores municipais que estiverem na linha de frente no combate ao coronavirus.

“Há servidores da Prefeitura que estão trabalhando em casa, na modalidade home office e há outros que não têm essa regalia, como os que atuam na saúde e também os que trabalham em serviços essenciais, como na coleta de lixo, no controle de vetores, no serviço de água e esgoto e vários outros que atendem diretamente a população”, aponta.

“Esses servidores expõem a sua saúde e a de seus familiares a um risco maior, por isso, é justo que eles recebam um adicional salarial, enquanto durar essa situação emergencial”.

Vick Francisco propõe a utilização de parte dos quase R$ 4 milhões Prefeitura receberá do governo federal para as ações de enfrentamento à pandemia.

“Além do adicional a esses servidores, entendo que a Prefeitura deveria também reforçar a subvenção à Santa Casa, para que ela faça o pagamento do mesmo adicional àqueles funcionários que estão no atendimento direto à população”.

Atendimento Telefônico sobre Covid-19

Vick Francisco cobra, mais uma vez, a dupla do Executivo Becão e Vianna para instalar um atendimento telefônico visando orientar a população de Descalvado sobre casos de problemas respiratórios e onde as pessoas devem procurar atendimento médico.

“A situação da pandemia se altera a cada dia. Em Descalvado, infelizmente, estão surgindo os primeiros casos da doença, que pode ser confundida com uma gripe simples, além disso, há muitas dúvidas sobre o tratamento, medicamentos, onde as pessoas devem se dirigir se houver suspeita da Covid-19”, observa.

“Por isso, proponho que o Executivo instale um serviço de atendimento telefônico, de preferência, prestado por médicos, para orientar a população no sentido de buscar ajuda mais rapidamente, quando necessário”.

Ampliação do Horário de Atendimento Bancário

Vick Francisco é autor de requerimento endereçado às autoridades federais, pedindo que o horário de atendimento bancário seja ampliado até as 16h, e não reduzido, como está ocorrendo durante a pandemia.

“Essa situação leva muitas pessoas a se aglomerarem em frente às agências bancárias, o que facilita a contaminação pelo Covid-19, aumentando desnecessariamente o risco de vida da população”, adverte.