Vaguinho questiona licitação para serviços de limpeza

Vereador Vagner Basto

O vereador Vagner Basto (Republicanos) questiona a licitação realizada pela Prefeitura para contratação de empresa para serviços de limpeza urbana no Município. Vaguinho solicita à Secretaria Municipal de Administração que envie cópia integral do processo licitatório referente à contratação e o contrato firmado com a empresa.

De acordo com o parlamentar, as Secretarias de Agricultura, Pecuária e Abastecimento e de Planejamento, Desenvolvimento, Obras e Serviços Públicos são as gestoras do serviço. “Acontece que a empresa não cumpriu o que estava em contrato e, corretamente, as Secretarias gestoras pediram rescisão”, aponta.

“Só que a Secretaria de Administração, que não tem nada a ver com isso, não permitiu, passando por cima das outras Secretarias. Houve até uma reunião particular entre o secretário de Administração e o proprietário da empresa. Isso é muito estranho”, frisa.

“É por isso que estou pedindo o contrato para analisarmos e verificarmos o que está acontecendo, até por que a empresa ganhou mais um contrato no valor de R$ 700 mil”, pontua.

CAIC

Vaguinho cobra da Secretaria de Educação e Cultura que providencie com urgência a reforma do CAIC “Dr. Cid Muniz Barreto” e da EMEI “Monsenhor José Canônico”, para melhor atender aos seus alunos.

Segundo ele, os prédios do CAIC e da EMEI “Monsenhor José Canônico” estão necessitando de reparos e manutenção. “Não apenas eu, mas diversos vereadores vêm apontando os problemas e pedindo soluções há bastante tempo já e a Prefeitura não faz nada”, diz.

Vaguinho também solicita a conclusão da reforma na EMEI “Mário Franceschini”, para que possa ser reaberta e frequentada pelas crianças que residem próximo àquela região.

“A EMEI ‘Mario Franceschini’, no Jardim Belém, foi completamente desativada para reforma de suas instalações há alguns anos, porém, até o presente momento, não foi reativada”, lembra.

Canil/Gatil

Vaguinho solicita construção de um novo canil/gatil municipal, com estrutura maior e adequada, de modo que os animais sejam acolhidos e tratados de forma digna até que encontrem um novo lar.

“O canil/gatil existente em Descalvado é administrado pela APAD [Associação Protetora dos Animais de Descalvado], que presta um serviço de utilidade pública oferecendo abrigo aos animais de rua, garantindo-lhes assistência veterinária e alimentação, além de promover campanhas para adoção”, afirma.

A APAD utiliza o antigo matadouro da Prefeitura para abrigar os animais e prestar os atendimentos necessários. “O local, no entanto, não dispõe de espaço para atender à demanda de animais abandonados e não possui estrutura adequada para as consultas veterinárias, sala administrativa, entre outros”, conclui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *