CÂMARA MUNICIPAL DESCALVADO

Do Estado de São Paulo

Vaguinho defende campanha permanente de educação para o trânsito

Vereador Vagner Basto

O vereador Vagner Basto (PRB) defende parceria entre Câmara Municipal, Prefeitura, Comissão Municipal de Trânsito (Comutran) e Polícia Militar (PM) para a formulação de campanhas permanentes de conscientização no trânsito para pedestres e condutores de veículos.

“A campanha tem como meta principal conscientizar a população sobre a importância de um trânsito mais seguro e humanizado, envolvendo escolas, empresas e a comunidade”, afirma.

“O foco é diminuir as estatísticas de acidentes e mortes no trânsito e gerar uma mudança de comportamento em todos os usuários. O trabalho poderia começar nas escolas, pois os jovens estão no topo da lista dos acidentes de trânsito, com ações como palestras e distribuição de informativos impressos”.

Dedetização

Vaguinho encaminhou indicação ao Executivo solicitando urgência na realização de dedetização dos bueiros e rede de esgoto nos Jardins Colonial e São Francisco e Recanto dos Ipês I, tendo em vista o grande número de ratos e baratas que estão sendo encontrados nos bairros.

O parlamentar conta ter recebido com frequência reclamação de moradores sobre o aparecimento de baratas e ratos. “Esses animais além de causar pânico em algumas pessoas, transmitem doenças e sua proliferação deve ser contida”, diz.

“As baratas são a principal fonte de alimento dos escorpiões, portanto se não forem combatidas, com a infestação delas, o aumento de escorpiões também irá ocorrer. Por isso, é necessário ficar alerta com essa solicitação da população, pois indica que a situação está preocupante sendo necessário tomar alguma atitude”.

Adicionais

Vaguinho solicita ao Executivo a contratação de empresa especializada para avaliar todos os cargos, empregos públicos e setores da administração para conceder adicional de insalubridade e periculosidade aos servidores municipais.

Segundo ele, “diversos empregos da Prefeitura enquadram-se como insalubres e periculosos; muitos servidores recebem adicional por insalubridade e periculosidade no exercício de determinadas funções, mas alguns me procuraram alegando que estão exercendo tais funções e não estão recebendo esses adicionais”.