CÂMARA MUNICIPAL DESCALVADO

Do Estado de São Paulo

Reinaldo Ninja quer informações sobre gastos da Educação

O vereador Reinaldo Ninja (PSDB) solicita à Secretaria Municipal de Educação que envie à Câmara Municipal informações sobre valores gastos pela pasta em reformas e melhorias em escolas e aquisição de ônibus para transporte de estudantes.

Ninja quer saber quais unidades de ensino serão ou sendo reformadas, que melhorias serão realizadas em cada uma delas, qual o prazo para execução das obras e quando serão adquiridos quatro veículos para transportar estudantes.

Ele lembra que somente em 2022 foram aprovados pelo Legislativo alguns projetos de lei, autorizando aberturas de crédito visando abranger a Secretaria de Educação e Cultura. “Foram valores expressivos que previam a reforma das unidades de ensino e, ainda, a aquisição de quatro ônibus para o transporte escolar”, frisa.

“Só que até o presente momento não houve notícias de que referidas obras serão iniciadas e nem mesmo a compra dos veículos. Os créditos foram todos aprovados, mas, infelizmente, a Prefeitura não fez nada ainda”.

Cobertura

Ninja reivindica a instalação de cobertura no portão de entrada da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) CAIC “Dr. Cid Muniz Barreto”, no Parque Morada do Sol. Pede também manutenção do calçamento. “O passeio público no entorno do CAIC é de feito com bloquetes, porém, muitos estão quebrados”, observa.

“É comum que os alunos e moradores do bairro se acidentem naquele trecho, devido à precariedade do calçamento. Além disso, a colocação de cobertura no portão de entrada é uma antiga reivindicação dos pais e alunos daquela escola para proteção da chuva e do sol forte”.

Abertura de Creche

Ninja solicita à Secretaria Municipal de Educação e Cultura que os portões do Centro de Educação Infantil (CEI) “Profª Paula Cristina Xavier” no Jardim Albertina passem a abrir às 6:30h ou às 6:45h para receber os alunos.

O vereador relata ter sido procurado por mães de alunos daquela unidade escolar que pedem que os portões sejam abertos mais cedo. “Muitas destas cidadãs alegam que entram no trabalho às 7h, horário em que a escola abre e, por isso, chegam atrasadas ao trabalho”, diz.