Paulinho sugere ampliação da Academia da Terceira Idade

Vereador Paulinho Gabrielli

O vereador Paulinho Gabrielli (Cidadania) solicita ao Executivo que amplie o imóvel que abriga a Academia da Terceira Idade em Descalvado para oferecer melhores condições aos frequentadores. 

Paulinho lembra que “atualmente cerca de 100 munícipes frequentam a Academia para que possam se exercitar e cuidar da saúde; entretanto, fisicamente o imóvel já está pequeno e providências precisam ser tomadas”.

De acordo com ele, “há mais de 20 anos a Academia da Terceira Idade ajuda a melhorar a qualidade de vida dos idosos de nossa cidade. Descalvado foi uma das primeiras cidades do Estado de São Paulo a receber investimentos do Governo Estadual para a implantação deste importante projeto”, aponta.

“Desde então, muito se evoluiu, inclusive, nesta semana, foi feita a substituição dos aparelhos utilizados por maquinários novos e mais modernos”. 

Avenida Independência

Paulinho solicita à Comissão Municipal de Trânsito (COMUTRAN) que adote medidas visando à melhoria na sinalização da Avenida Independência, principalmente no trecho próximo a Escola SESI.

O parlamentar aponta que mesmo com os redutores de velocidade e a lombofaixa existentes nas duas vias, os motoristas trafegam em alta velocidade, desrespeitando, por vezes, os pedestres que atravessam na faixa.

“O problema é maior nos horários de entrada e saída dos alunos da Escola SESI, quando o fluxo de veículos e pedestres se torna intenso. A sinalização de trânsito vai além da instalação de redutores e pode ser reforçada com placas indicativas e/ou educativas e pinturas horizontais”, salienta.

Carga e Descarga

Paulinho quer que a COMUTRAN determine com urgência a criação de um estacionamento para carga e descarga no período da tarde e início da noite, apenas de quarta-feira, na rua João XIII, em frente à pizzaria do Zé Rizzi, nos dias em que é realizada a Feira Legal na Praça de São Benedito.

“É intenso o movimento no entorno da Praça São Benedito, muito frequentada pelos descalvadenses em razão da Feira Lega. Além do comércio pujante, o CERD localizado próximo, ocasiona dificuldade para encontrar vagas para estacionar carros”, diz.

“Este cenário é um problema, não só para os frequentadores, mas, em especial para os feirantes que não dispõem de um local específico para carga e descarga”. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *