Paulinho aponta buracos no asfalto recém colocado na Rua Mário Bonitátibus

Vereador Paulinho Gabrielli

O vereador Paulinho Gabrielli (PPS) solicita que a Prefeitura Municipal contate com urgência a empresa Lopes e Pécora Construções, Terraplanagem e Pavimentação Ltda., para que faça reparos no asfalto recém colocado na segunda via da Rua Mário Bonitátibus, que já apresenta diversos buracos.

A via, que que faz ligação entre o Parque Morada e a Vila Franco, acaba de ser duplicada e liberada para o tráfego de veículos há poucos dias. Chamado por munícipes para ir ao local, Paulinho constatou que em diversos trechos foi colocada uma fina camada de asfalto que já necessitando de recapeamento.

“A primeira fase da obra foi iniciada no final de 2018, quando foram instaladas as novas galerias de águas pluviais. A parte de terraplanagem, construção de guias, sarjetas e o asfaltamento, entretanto, ocorreu neste mês de abril e, portanto, é muito recente para já apresentar buracos no asfalto”, salienta.

“Esta era uma das obras mais aguardadas pelos moradores do Parque Morada do Sol. Além do mais, foram investidos mais de R$ 166 mil para a execução do trabalho. Houve grande empenho de parlamentares para a conquista desta verba. Portanto, é necessário o máximo de cuidado com o dinheiro público”.

Estrada Rural Butiá

Paulinho reivindica ao Executivo urgência na manutenção e melhorias no trecho da estrada rural que passa em frente a capela de Santa Terezinha do Menino Jesus, no bairro do Butiá até a ponte do Rio Bonito.

“Aquela estrada é muito relevante, tanto para produtores rurais quanto para pessoas que moram naquela região. Entretanto, por ser de terra, a estrada está em situação ruim, com muitos buracos e trechos irregulares, colocando em risco a segurança das pessoas que transitam pelo local”, aponta.

“Os danos no leito da estrada são tão grandes que em determinados pontos é possível, inclusive, notar a tubulação aparente. Munícipes me procuraram relatando que se providências não forem tomadas, a estrada terá de ser interditada”, conclui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *