CÂMARA MUNICIPAL DESCALVADO

Do Estado de São Paulo

Pastor Adilson pede professor auxiliar às crianças autistas em sala de aula

Na sessão de 4 de outubro, o Vereador Pastor Adilson Gonçalves, iniciou o pronunciamento comentando o acidente de um aluno autista da rede municipal que bateu a cabeça e precisou de socorro médico devido a gravidade do ocorrido. O fato ocorreu na última semana.

Em razão do ocorrido, o vereador reiterou em tribuna indicação de junho desse ano, sua autoria, onde pede ao Secretário de Educação e Cultura, Prof.º Marco Antonio Pratta, a disponibilidade de  um profissional de apoio às crianças com autismo matriculadas nas creches ou centros de educação infantil de Descalvado, para assegurar-lhes o pleno desenvolvimento desde o início da primeira etapa da educação.

Crianças com TEA  – Transtorno do Espectro Autista têm condições de acompanhar uma escola regular. Contudo, muitas delas para acompanhar o aprendizado necessitam de auxílio de profissionais capacitados. “Manter o autista na escola é uma tarefa desafiadora, mas existe amparo legal para isso”, comentou o vereador.

As escolas municipais precisam desses tutores para acompanhar esses alunos dentro da sala de aula e demais ambientes da escola.

Segundo pesquisa realizada, a Rede Municipal de Ensino de Descalvado possui suporte de um professor auxiliar para os alunos deficientes, porém não contempla as CEI’s (Centros de Educação Infantil) ou creches, como são popularmente conhecidas.