CÂMARA MUNICIPAL DESCALVADO

Do Estado de São Paulo

Pastor Adilson pede microchip para cães e gatos para reforçar o controle de zoonozes

Pastor Adilson Gonçalves pede à Prefeitura Municipal em parcerias com as associações e ONG’s descalvadenses voltadas à causa animal a realização de chipagem dos animais, de forma gratuita. O objetivo é formar uma base de dados que auxilie nos cuidados com os pets e no controle de zoonozes.

O chip é um identificador individual do pet e serve para armazenar informações importantes, como nome, raça, idade, histórico de doenças e, claro, os dados do tutor daquele pet. Diferentemente do que muitos acreditam, o chip em animais não funciona como um rastreador com GPS. Em caso de fuga não é possível acessar um aplicativo e verificar sua localização.

Colocar o chip no cachorro é um procedimento rápido e praticamente indolor. Pode ser um incômodo em cães pequenos, mas os maiores quase não sentem a picada, que é feita por uma seringa especial, na região da nuca.

O uso obrigatório de microchip tem sido amplamente apoiado por ONGs ligadas à causa animal em alguns países e também em cidades brasileiras, pois ajuda a inibir o abandono, já que o responsável pode ser rapidamente localizado e punido.