Paiva reitera pedido de Delegacia da Mulher em Descalvado

Vereador Carlos César Paiva

O vereador Carlos César Paiva (PL) reitera solicitação ao Executivo para implantação de uma Delegacia da Mulher em Descalvado para receber todas as queixas de violência contra as mulheres, investigar e punir os agressores.

Segundo ele, “a violência contra a mulher não está restrita a um determinado meio, não escolhendo raça, idade ou condição social”.

Paiva frisa que “a grande diferença é que entre as pessoas de maior poder financeiro, as mulheres acabam se calando contra a violência, talvez por medo, vergonha ou até mesmo por dependência financeira”.

O parlamentar destaca diversos tipos de violência sofrida pelas mulheres, como agressão física, estupro ou violência carnal, ameaça de morte ou qualquer outro mal, feitas por gestos, palavras ou por escrito, e abandono material, entre outros.

“No entanto, nem todos deixam marcas físicas, como as ofensas verbais e morais, que causam dores, que superam a dor física. Humilhações, torturas e abandono são considerados pequenos assassinatos diários, difíceis de superar e praticamente impossíveis de prevenir, fazendo com que as mulheres percam a referência de cidadania”, salienta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *