Luisinho questiona se pavimentação da Rua Mário Bonitátibus teve projeto executivo

Vereador Luisinho Panone

O vereador Luisinho Panone (PSD) pede que o Executivo envie à Câmara Municipal cópia do projeto executivo da pavimentação da Rua Mário Bonitátibus, no Parque Morada do Sol, obra recentemente entregue, mas que já apresenta problemas no asfalto.

Luisinho encaminhou requerimento solicitando o envio do ensaio de suporte CBR (California Bearing Ratio), padronizado no Brasil pela norma ABNT 9895. “A via começou a apresentar esfarelamento e rachaduras do asfalto logo após o serviço ser concluído”, aponta.

O parlamentar explica que o ensaio de suporte CBR “é composto por três etapas, que são a compactação do corpo de prova, obtenção da curva de expansão e medida da resistência à penetração”.

De acordo com Luisinho Panone, o ensaio de suporte CBR é determinante para a escolha do pavimento a ser aplicado. “A pavimentação da segunda via da Rua Mário Bonitatibus era uma obra bastante aguardada pela população, já que este é um dos principais acessos ao Parque Morada do Sol e precisamos identificar os motivos pelos quais em tão pouco tempo os serviços realizados já apresentavam problemas”.

Rua Orderigo Gabrielli

Luisinho solicita à Comissão Municipal de Trânsito (COMUTRAN) que torne mão dupla de direção a Rua Orderigo Gabrielli, no trecho que compreende as Ruas Pedro Alcântara Camargo e Vinte e Oito de Fevereiro, onde está localizada a EMEI Monsenhor José Canônico.

“Aquele trecho é mão única de direção, por isso, os ônibus e micro-ônibus que transportam os alunos da EMEI estacionam com a porta em sentido oposto à calçada da escola, fazendo com que os alunos desembarquem no meio da rua”, observa.

O vereador lembra que “são crianças entre 4 e 6 anos, o que torna essa passagem ainda mais perigosa e tornando aquele trecho de mão dupla evitará que os alunos continuem se expondo a riscos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *