CÂMARA MUNICIPAL DESCALVADO

Do Estado de São Paulo

Ismael propõe criação de “CEP Rural”

 Ismael Franceschini apresenta propositura para a instituição do “CEP Rural” no município. O objetivo é mapear propriedades e ajudar a todos que precisam transitar pela zona rural.

A ação é da Secretaria de Estado da Agricultura para mapear endereços e estradas rurais em todo o interior de São Paulo. Somente em Itu, 1.285 endereços digitais já foram cadastrados. O município é o primeiro a estar 100% mapeado.

O “CEP Rural” ajuda a todos que precisam andar pela zona rural. Esse trabalho se iniciou por Itu – SP e, até o fim de 2022, 350 mil propriedades agrícolas do estado vão ter o “CEP Rural”, explicou o vereador.

Para o mapeamento das propriedades rurais é necessário a realização de convênio com a Secretaria de Estado da Agricultura, que estipula uma espécie de número de registro a cada uma delas. Isso facilita desde a entrega de encomendas até a comunicação com órgãos como o SAMU, Polícia Militar e Bombeiros.

Homenagem ao Dr. Vital Brasil e preservação do patrimônio histórico

O Vice-Presidente da Câmara também pede a colocação de uma placa denominando “DR. VITAL BRASIL” o coreto do “Jardim Velho”, além da restauração do prédio que abrigou o primeiro posto de saúde da cidade, bem como a criação de um Centro De Memória À Vital Brasil, dada a relevância da sua história para a saúde e para a vacinação do país e de Descalvado.

Dr. Vital Brasil foi um grande colaborador da ciência e da história da vacinação no Brasil.  No tempo em que esteve em Descalvado, ele trabalhou no coreto do histórico Jardim Velho, e, em virtude de sua passagem pela cidade e sua trajetória brilhante, Dr. Vital Brasil tornou-se figura histórica do patrimônio histórico e cultural  descalvadense.

Restauração – Ismael pede ainda a restauração do prédio que abrigou o primeiro posto de saúde de Descalvado, situado à Rua José Bonifácio, e a criação de um centro de memória à Vital Brasil no local.  Em outra propositura, o vereador aponta a necessidade de realizar convênio com CONDEPHAAT – Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de SP, visando o tombamento de prédios históricos e a obtenção de recursos financeiros para as devidas restaurações, tendo como objetivo preservar a história local.