CÂMARA MUNICIPAL DESCALVADO

Do Estado de São Paulo

Ismael Franceschini pede cobertura e assentos em pontos de ônibus

Ismael Franceschini pede a colocação de cobertura e assentos no ponto de ônibus situado na Rua Minas Gerais, próximo ao Supermercado Koka, no bairro Jardim Albertina. Ele sugere também a realização de parceria com a empresas privadas para investir nesses locais onde trabalhadores, estudantes e demais passageiros aguardam pelo transporte público.

“Diferente de outras cidades, aqui a maioria dos pontos de ônibus não dispõe de estrutura para acomodar os passageiros, muitos deles idosos”, frisou Ismael. A falta de uma cobertura mínima faz com que as pessoas fiquem por longos períodos expostos ao sol forte e à chuva, muitas vezes após um longo de dia de trabalho.  

Segundo o vereador, há empresas privadas dispostas a firmar parceria com o Poder Público para benfeitorias em troca de explorarem o espaço para o marketing da empresa.

Pedidos de tribuna – Na sessão de25 de julho de 2022, o vereador solicitou à Prefeitura Municipal a tomada de medidas cabíveis para o desenvolvimento de um projeto paisagístico para os “barrancos” que ladeiam a Via de acesso Antonio Benedito Paschoal. A via de acesso é a principal entrada ao município, e os barrancos que a ladeiam estão sujos, com detritos e tomados pelo mato. Sem contar que os moradores não utilizam a passarela “Thereza Conradi Calza” para a travessia entre os bairros Jardim Albertina e Ricardo Cezar, e sim o barranco e a pista, onde ficam expostos a acidentes. Ismael conclui que um projeto paisagístico, com o plantio de espécies ornamentais, além de melhorar o aspecto visual do trecho, ainda pode inibir a passagem desses cidadãos.

Outro pedido para a região leste da cidade, refere-se à má qualidade do asfalto defronte ao Cemitério Municipal. O asfalto está esfarelando, com diversos buracos e imperfeições, situação que oferece riscos de acidentes, principalmente para as pessoas idosas.

“São inúmeros os transtornos causados as pessoas que estão no local para enterrar um ente querido e se aproxima o Dia de Finados, no mês de novembro, data em que a movimentação para visitas costuma ser maior”.