CÂMARA MUNICIPAL DESCALVADO

Do Estado de São Paulo

Figueiredo quer aperfeiçoar descarte de lixo eletrônico

O vereador Marcelo Figueiredo (Cidadania) quer que a Prefeitura inicie estudos para que, no futuro, Descalvado possa se tornar referência no descarte de lixo eletrônico com base na a Lei Municipal n.º 3.142, de 7 de outubro de 2009.

Segundo ele, a lei, que autoriza o Poder Executivo a instituir no Município a Política Municipal de Gerenciamento e Destinação Final, é ambientalmente adequada para o correto descarte do chamado lixo tecnológico. “A medida beneficia o meio ambiente e a saúde pública”, diz.

“Os produtos eletroeletrônicos descartados no lixo comum claramente prejudicam o meio ambiente; além disso, impossibilitam a reciclagem deles por entidades que façam o reaproveitamento dos materiais”.

Para Figueiredo, “ainda faltam esclarecimentos para que as pessoas façam o descarte de forma responsável; e, isso envolve a compreensão da separação correta de materiais até o conhecimento de postos de coleta para a entrega do lixo reciclável”.

O parlamentar entende que “o engajamento deve partir do poder público, oferecendo à população orientação e pontos de coleta dos materiais; o mesmo deve ocorrer com as empresas que possuem um volume maior de descarte dos materiais eletrônicos”.

Reparos

Figueiredo solicita reparos no calçamento na da Praça “Luiz Pedezzi”, situada no bairro Novo Jardim Belém, entre as Ruas Bezerra Paes, Mario Joaquim Filla e Avenida Independência.

“Muitos moradores daquela região fazem passeios diariamente pela praça, inclusive com seus animais de estimação. O calçamento está precário, com muitos bloquetes soltos e quebrados, situação que coloca em risco a integridade física de quem transitam pela região”, frisa.