CÂMARA MUNICIPAL DESCALVADO

Do Estado de São Paulo

Daniel presta homenagem a Adnan Jarina

Por meio de Moção de Aplausos e Reconhecimento, o vereador Daniel Bertini (Podemos) presta homenagem ao esportista e dirigente esportivo Adnan Rogério Jarina pelo trabalho desenvolvido em prol do esporte descalvadense.

Adnan Rogério Jarina nasceu em Descalvado no dia 7/11/1970. É filho de Dirce Rodrigues Jarina e Antônio Jarina Filho. Casado com Nuria de Jesus Andriguetti Jarina, é pai de Danilo de Souza Costa e Luís Felipe Andriguetti Jarina.

A primeira modalidade que praticou foi natação, no CERD. No mesmo clube praticou basquetebol. Aos 15 anos, conheceu o handebol e, desde então, passou a praticar a modalidade.

Competições

Em 1986, pela primeira vez, foi para os Jogos Regionais, mas representando a cidade de Itápolis. Representou ainda Monte Alto, Taquaritinga e Porto Ferreira. Somente em 1990 conseguiu representar Descalvado.

Em 1991, impossibilitado de jogar por uma fratura de tornozelo assumiu como técnico da equipe masculina de handebol levando pela primeira a equipe a uma semifinal dos Jogos Abertos do Interior. Nesse mesmo ano passou a ser o coordenador de esportes do CERD.

Em 1992, junto com Marcos Valentim Biazoli fundou o Clube Handebol de Descalvado (CHD), responsável pela formação de inúmeros atletas que levaram o handebol de Descalvado até para fora do país.

Em 1993, devido à recusa do Município em levar as equipes de handebol da cidade para os Jogos Regionais, Jarina e as equipes masculina e feminina jogaram por Monte Alto. Sagrou-se campeão pelo feminino e conquistou o quarto lugar com o masculino.

Crescimento

A partir daí o Município passou a investir mais na modalidade, e o handebol passou a ser a modalidade coletiva com maior número de participações e medalhas nos Jogos Regionais. Em 2009, depois de 23 anos de trabalho voluntário, assumiu como como Diretor de Esportes e Lazer.

“Paralelo a tudo isso, fundou a Associação Desportiva Descalvadense, e nos últimos três anos é o técnico responsável pelas equipes de handebol da USP de Pirassununga, a Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos.

“Por meio do esporte, ao longo de toda sua carreira, levou consigo o nome de Descalvado e, com seu exemplo, incentiva tantas outras pessoas à prática esportiva, tendo formado inúmeros atletas e contribuído, sobremaneira, para este segmento em nossa cidade”, conclui Daniel.