CÂMARA MUNICIPAL DESCALVADO

Do Estado de São Paulo

Daniel pede fechamento do prédio da antiga fábrica Zula

O vereador Daniel Bertini (Podemos) pede ao Executivo que sejam tomadas providências para o fechamento do prédio que abrigava a fábrica de doces Zula, na região da Avenida Guerino Oswaldo, próximo ao cruzamento com a Avenida Bom Jesus.

Segundo ele, o pedido é justificado “em razão de que o imóvel foi ocupado e tem sido usado, inclusive, para o uso e tráfico de entorpecentes, causando transtornos a quem reside ou circula naquele entorno”. 

Daniel aponta que “o prédio já está fechado há alguns anos e acabou sendo ocupado por moradores ou pessoas em situação de rua; cidadãos relatam que não é incomum presenciar indivíduos usando drogas e até mesmo traficando drogas naquele entorno”.

Cesta Básica

Daniel encaminhou ofício ao promotor Rafael de Araújo Gomes, do Ministério Público do Trabalho (MPT) solicitando que averigue se há respaldo legal para a retirada da cesta básica dos servidores públicos da Prefeitura.

Ele lembra que “recentemente foi aprovado pela Câmara Municipal projeto de lei do Executivo determinando que os servidores passassem a receber o cartão-alimentação deixando de receber a cesta básica”. Pelo mesmo projeto, foi concedido aumento de R$ 100 no benefício.

“Entretanto, para as famílias de renda mais baixa o prejuízo foi muito grande, uma vez que os R$ 100 concedidos como reajuste no auxílio-alimentação não são suficientes para a compra dos itens da cesta básica”, observa.

“O Poder Executivo alegou que a retirada da cesta básica estava amparada por lei e era um passo necessário, porém não encontrei legislação que fundamente e obrigue a retirada da cesta básica, perda tão sentida pelos servidores municipais”, conclui Daniel Bertini.