Vick Francisco quer informações sobre obras de recapeamento e tapa buracos

Vereador Luiz Carlos Vick Francisco

O vereador Luiz Carlos Vick Francisco (PPS), pela terceira vez, solicita que o Executivo que informe onde foram realizadas as obras de recapeamento e tapa-buraco e utilizados os materiais asfálticos adquiridos conforme os pregões presenciais de números 008/18, 009/18 e 11/18.

No caso de obras não terem sido iniciadas, Vick Francisco quer saber onde serão realizadas, porque ainda foram feitas ou estão em andamento, e qual o motivo para o atraso.

O pregão presencial n.º 008/18 contratou empresa a DGB Engenharia e Construções Ltda, especializada para execução dos serviços de recapeamentos asfáltico, pelo valor de R$ 1,592 milhão.

O pregão presencial nº 09/18 contratou a empresa Thales A. C. Silva Me especializada para execução dos serviços de tapa buraco em pavimento pelo valor de R$ 596,25 mil.

Já o pregão presencial n.º 011/18, cujo objeto foi aquisições parceladas de areia grossa lavada, concreto betuminoso usinado a quente, emulsão asfáltica RM 1C, pedrisco limpo de pó e pó de pedra, para a SPDOSP, pelo valor de R$ 921,802 mil para a empresa Flex Comércio e Representações Ltda; R$ 138,6 mil para a empresa Pedreira Carrascoza Ltda., e R$ 19,667 mil para a empresa Rodominer Transportes e Materiais de Construção Ltda. Me.

“A Prefeitura dispos de elevados valores para a aquisição de materiais e contratação de empresas para recapeamento a manutenção das vias públicas, neste ano; essas publicações são do mês de março, porém, até hoje, não houve o início de qualquer obra desse porte em nossa cidade”, afirma.

Manutenção da Rede Elétrica

Vick Francisco quer a cópia integral do contrato firmado entre o Município e a empresa responsável pela manutenção da rede elétrica dos prédios e espaços públicos. Ele quer saber qual valor mensal vem sendo pago à empresa; por qual motivo a iluminação da Praça Jardim Velho, entre outros espaços públicos, estão precárias.

Segundo ele, “infelizmente, mesmo com a empresa contratada existem diversos espaços com a iluminação precária, como o Jardim Velho, por exemplo”.

Centro de Referência Turística

Vick Francisco quer saber se as obras do Centro de Referência Turística já foram concluídas. Em caso positivo, pede que a Prefeitura informe qual a previsão para sua inauguração.

O parlamentar lembra que a Câmara aprovou o Projeto de Lei n.º 20/18, autorizando a devolução de saldo no valor de R$ 20.656,78, não aplicados do Convênio do Centro de Convivência Turística. “Com isso, conclui-se que as obras já terminaram e o local está pronto para ser inaugurado. É uma obra importante, pois as atividades realizadas no Centro de Referência Turística irão fomentar e alavancar o potencial turístico em Descalvado”, conclui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *