Vick Francisco cobra recapeamento de ruas

Vereador Luiz Carlos Vick Francisco

O vereador Luiz Carlos Vick Francisco (PPS) solicita ao Executivo que informe onde foram realizadas obras de recapeamento e tapa buracos e utilizados materiais asfálticos que teriam sido contratadas e comprados por meio de três pregões presenciais a um custo de mais de R$ 3 milhões.

O vereador projetou nos telões da Câmara Municipal os pregões realizados pelo Município, de nºs 001/18 , 008/18 e 009/18, publicados no Diário Oficial do Município em março/2018, contratando os serviços de recapeamento asfáltico e tapa buracos e as aquisições de materiais para o recapeamento, que passam de R$ 3 milhões.

“A Prefeitura Municipal dispôs de elevados valores para a aquisição de materiais e contratação de empresas para recapeamento e manutenção das vias públicas, em março deste ano. Porém, até hoje, as obras não se iniciaram. Esse dinheiro é do povo de Descalvado e precisa ser investido em nossas ruas, que estão todas esburacadas e esfarelando.”, cobra Vick Francisco.

Área de Proteção Ambiental ameaçada

Vick Francisco também cobra providências para impedir qualquer acesso por veículos na área de proteção ambiental localizada próximo ao trevo de acesso aSão Carlos, que já foi utilizada para transbordo do lixo domiciliar.

Segundo o vereador, “recebi denúncias de cidadãos, que veículos continuam acessando o local para jogar lixo e entulho. A Prefeitura já tomou multas pesadas por não preservar aquela área. Sugiro que a Prefeitura aja com urgência, colocando barreiras físicas nas possíveis entradas, para impedir que os veículos acessem o local”.

Sinal de TV

Vick Francisco reclama mais uma vez da demora do Executivo em iniciar a modernização da antena municipal de TV aberta para possibilitar a instalação de aparelhagem digital.

O vereador alerta que os procedimentos devem iniciar de imediato, pois, novembro está próximo e, se nada for feito até lá, Descalvado ficará sem sinal de TV aberta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *