Vaguinho cobra construção do CRAS no Bosque do Tamanduá

Vereador Vagner Basto

Por meio de requerimento, o vereador Vagner Basto (PRB) solicita ao Executivo informações sobre porque as obras do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), no Bosque do Tamanduá não foram iniciadas; se a verba para construção do CRAS já foi liberada, e qual o prazo para utilização dessa verba e conclusão da obra.

Vaguinho observa uma placa do Governo Federal foi instalada no local, constando a data de 1º de janeiro de 2017 para o início das obras, porém, nenhuma melhoria foi realizada no local até o momento. “A Lei n.º 3.919, de 4 de maio de 2015 autoriza a liberação de R$ 350 mil para a construção do CRAS, no Bosque do Tamanduá”, conclui.

Saúde

Vaguinho solicita estudos para a reaplicação dos recursos enviados pela União, conforme as novas regras estabelecidas pela Portaria nº 3.992, atendendo as prioridades da saúde do Município, dentre elas o aumento no repasse para a Santa Casa.

O vereador diz que “através dessa nova medida, a Prefeitura deve realizar um estudo das verbas recebidas pela União, com objetivo de atender as necessidades básicas da nossa população, como por exemplo, aumentar o repasse da Santa Casa, que é o único hospital da cidade”.

Com o novo formato de financiamento, explica, os gestores terão mais liberdade para aplicar os recursos de origem federal destinados às ações de saúde, levando em consideração as necessidades locais.

“A medida passa a permitir que Estados e Municípios decidam onde querem aplicar os recursos até então carimbados e enviados para uso especifico em determinadas áreas”, afirma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *