Paulinho quer descarte de entulhos em área próxima à ETE

Vereador Paulinho Gabrielli

O vereador Paulinho Gabrielli (PPS) sugere ao Executivo a realocação do descarte de entulhos, materiais inservíveis e resíduos da poda de árvores para a área localizada próximo à Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) e a reutilização desses materiais de forma sustentável ao meio ambiente.

Atualmente, o descarte de entulhos, materiais inservíveis e resíduos da poda de árvores é realizado na antiga horta municipal, na região central da cidade. “Diversos problemas são causados a população que reside nos bairros próximos, entre eles, as queimadas”, afirma.

“Existe uma área extensa vizinha à ETE que comportaria a alocação destes materiais. Por meio do uso de uma máquina de trituração, esses resíduos podem ser utilizados de várias maneiras pelo Município, deixando de ser um problema de saúde pública e tornando-se um material sustentável”.

Varrição de Ruas

Paulinho solicita remodelação do sistema de limpeza pública, no que tange a varrição das vias, estudando nova forma de distribuição dos varredores de rua, com o objetivo de manter um aspecto de limpeza mais duradouro e satisfatório aos cidadãos.

“Hoje, a limpeza é distribuída aos varredores por bairro e consequentemente separada por quarteirão, o que não está colaborando para um aspecto de limpeza como um todo”, observa.

“Um formato de limpeza por ruas, ao invés de quarteirões, poderia melhorar a sensação de limpeza por parte dos cidadãos, que conseguiriam visualizar o trabalho feito de forma mais ampla”.

Estacionamento

Paulinho indica à Comissão Municipal de Trânsito (Comutran) a liberação do estacionamento da Rua José Bonifácio, ao menos em horário comercial, no espaço ao lado da Igreja Matriz onde há sinalização de estacionamento privativo para ambulâncias.

“A região central da cidade é bastante concorrida, tal reserva é alvo de reclamação por parte da população que frequenta o centro diariamente, afetando consumidores e varejistas”, diz.

“As vagas para ambulâncias são, principalmente, reservadas em casos de necessidade de uso entre os frequentadores da Igreja Matriz, e esta somente em casos excepcionais tem seu funcionamento em horário comercial”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *