Paulinho defende construção de escola em período integral no Bosque do Tamanduá

Vereador Paulinho Gabrielli

O vereador Paulinho Gabrielli (PPS), vice-presidente da Câmara Municipal, defende a construção de uma Escola Municipal de Educação Fundamental (EMEF) em período integral no Bosque do Tamanduá. Para ele, “só a Educação pode mudar a realidade de um povo”.

“É um bairro extremamente populoso, com aproximadamente 600 crianças, mas que não conta com uma escola. O Bosque do Tamanduá precisa de uma escola em período integral”, frisa.

Paulinho lembra que até o relevo prejudica o bairro. “O Bosque do Tamanduá fica numa baixada. Em outros bairros, as pessoas olham para a frente e veem o centro da cidade. Lá, não. Nem a topografia ajuda”, diz.

O parlamentar destaca que a medida seria um grande investimento para o futuro. “Sei das dificuldades financeiras do Executivo, mas é um investimento que será recuperado lá na frente, quando vamos gastar menos com segurança e em outras áreas”.

“O bairro precisa de uma escola em período integral. Uma escola ao lado da família é o suporte para uma boa educação e formação de cidadãos. Por isso, temos que nos esforçar para conseguir os recursos e construir uma escola no Tamanduá”, salienta.

Paulinho reforça a necessidade citando cidades como Lins e Novo Horizonte que já receberam prêmios e são contempladas com recursos de empresas multinacionais por conta de suas escolas em período integral.

Veículos Adaptados

O vice-presidente da Câmara Municipal é autor de requerimento solicitando informações à empresa Realidade Transporte e Turismo sobre quantos veículos adaptados são utilizados regularmente para o transporte coletivo em Descalvado e quais os itinerários e horários das linhas realizadas com os ônibus adaptados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *