Pastor Adilson quer gratuidade do exame da dengue

Vereador Pastor Adilson Gonçalves

O vereador Pastor Adilson Gonçalves (PSC) solicita à Secretaria Municipal de Saúde estudos para realizar gratuitamente o exame de detecção do vírus da dengue e a distribuição gratuita de medicamentos para o tratamento da doença para a população infectada.

“O exame realizado para detectar o vírus da dengue tem sido cobrado dos pacientes neste ano e muitas pessoas não possuem condições financeiras para custear o exame, o que dificulta a precisão do diagnóstico e controle do número de casos”, afirma.

“É grande o número de casos de dengue em Descalvado e toda região, daí a importância da gratuidade do exame”, prossegue. “Além do mais, para as pessoas mais carentes há uma dificuldade grande para a compra de medicamentos para o tratamento”.

Guarda Municipal

Pastor Adilson reitera solicitação para a continuidade dos procedimentos visando a instalação da Guarda Municipal (GM) em Descalvado como forma de reforçar a segurança pública.

Em 2012, lembra, a Prefeitura realizou concurso público para a constituição da Guarda Municipal. “Esse concurso depende ainda de uma complementação, conforme o Edital, para que a guarda seja constituída”.

O parlamentar entende que a GM seria de grande importância no auxílio às Polícias Civil e Militar na prevenção e combate ao crime e à violência.

Pastor Adilson destaca também que “pessoas seriam chamadas para trabalhar, movimentando dinheiro em nossa cidade e auxiliando a Municipalidade de diversas maneiras”.

Avenida Independência

Como forma de aumentar a segurança dos pedestres que utilizam a Avenida Independência, Pastor Adilson reivindica o calçamento da passagem, no trecho que interliga as lombofaixas recentemente construídas na via.

“O trecho do canteiro que interliga as lombofaixas não possui calçamento e o mato está tomando conta do local. Isso dificulta a passagem dos pedestres que são, na maioria, crianças e adolescentes da Escola SESI 205”, conclui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *