Luisinho apoia equiparação de soldos entre oficiais da PM

Vereador Luisinho Panone

O vereador Luisinho Panone (PSD), presidente da Câmara Municipal, tem Moção de Apoio ao Projeto de Emenda à Constituição do Estado de São Paulo nº 02 de 2018 determinando que “a diferença da remuneração no salário padrão entre os postos e graduações para o imediatamente superior não poderá ser superior a 10%”. A proposta é do deputado Fernando Capez (PSDB).

Luisinho explica que os oficiais ocupantes do posto de 2º Tenente PM, apesar de exercerem as mesmas funções que os que ocupam o posto de 1º Tenente PM percebem remuneração 30,03% menor.

“Essa diferença salarial não se justifica, ainda mais se considerarmos que seus ocupantes, muitas vezes, prestam 30 anos de serviços à população paulista. O projeto visa corrigir distorção na diferença salarial entre os quadros da PM”, diz.

“A diferença entre os demais não é tão drástica; entre 1º Tenente e Capitão é de 7,95%, e entre Soldado e Cabo, é de 13,6%. Assim como os Tenentes, apesar da distância hierárquica e funções distintas, exercem, na maioria das vezes, as mesmas atividades”.

Luisinho destaca que “nos postos de Capitão, Major, Tenente-Coronel e Coronel PM essa diferença está fixada em 10,5% entre os postos, sendo injustificável que exista nos postos de Tenentes, onde as funções e atribuições são basicamente as mesmas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *