Debora propõe mudar lei de auxílio transporte a estudantes

Vereadora Debora Cabral

A vereadora Debora Cabral (PR) encaminhou anteprojeto de lei ao Executivo propondo mudanças na lei nº 3.904, de 27 de fevereiro de 2015, que institui o programa de auxílio transporte aos cursos profissionalizantes, universitários e pré-vestibulares a alunos residentes no Município.

Debora explica que a legislação em vigor garante aos estudantes que o Município pague passagens de transporte rodoviário ou urbano, coletivo ou de fretamento, prevendo como requisito para o recebimento do auxílio uma renda mensal familiar, não levando em consideração a renda per capita.

“Em muitos casos não existe transporte rodoviário ou urbano, coletivo ou de fretamento, e caso o aluno venha a se deslocar com o seu veículo particular não terá direito a nenhum reembolso”, aponta.

A vereadora quer garantir também o custeio “para o veículo particular quando não houver transporte rodoviário ou urbano, coletivo ou de fretamento, com o limite de disponibilidade de 12 alunos”.

O anteprojeto prevê ainda que o benefício será concedido a “hipossuficientes, cuja renda mensal familiar ou per capita não ultrapasse o equivalente a três salários mínimos”.

Antonio Luiz Nogueira Filho

Por meio de anteprojeto de lei, Debora Cabral propõe ao Executivo que denomine Antonio Luiz Nogueira Filho a Unidade de Saúde da Família (USF) Parque Milênio, situada no Jardim Albertina.

Antonio Luiz Nogueira Filho Nasceu em 1º de maio de 1919, em Porto Ferreira. Casou-se aos 22 anos com a senhora Joanna Zugliani com quem teve 5 filhos e 13 netos. Viveu em Descalvado a maior parte de sua vida. Morreu aos 88 anos, em 2007.

Debora conta que as terras do homenageado foram desapropriadas para o fim social da construção do que é hoje o Lago Municipal, Celso Luis Antonio; e, que “foi muito conhecido pelo apelido de Nogueira, vez que cotidianamente passeava com seus cavalos pelas ruas de nossa cidade, além de participar assiduamente da Cavalaria Antoniana.

Orlando Govoni

Debora encaminhou anteprojeto de lei ao Executivo propondo denominar Orlando Govoni a USF Jardim do Lago, situada no Jardim Colonial. O homenageado nasceu em 19 de setembro de 1936, em Leme.

Em 1945, após o fim da 2ª Guerra Mundial, a família comprou terras em Descalvado e se mudou para cá, vivendo por muito tempo na região do Morro do Janelinha. Orlando casou-se com Neuza Nogueira, e em 1981 teve seu único filho, Orlando Govoni Filho.

Orlando foi pecuarista. “Sabia com maestria a doença de bovinos, e sua pesagem, bastando observá-los. Nos anos 1970 construiu dois galinheiros para criação de aves de corte”, relata a vereadora. Morreu em 23 de setembro de 2014.

De acordo com Debora, “Orlando lutou muito pela implantação da USF naquela região”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *