Debora Cabral quer mão única de direção na Rua João Fernando Vila

Vereadora Debora Cabral

A vereadora Debora Cabral (PL) quer que a Prefeitura torne mão única de direção a Rua João Fernando Vila ou proibir o estacionamento nas quadras compreendidas entre as Avenidas Lázaro Timótheo do Amaral e Cruzeiro do Sul, no bairro Santa Cruz.

Debora diz que nas imediações há a Escola Municipal Maria de Lourdes Delalibera Benini, razão pela qual o fluxo de crianças é grande naquela região, além de que a via “é bastante estreita”.

De acordo com ela, “especificamente, nas quadras compreendidas entre as Avenidas Lázaro Timótheo do Amaral e Cruzeiro do Sul, as principais vias daquela região, o tráfego de veículos se complica ainda mais, já que apresenta mão dupla de direção”.

A vereadora observa que “por ser permitido o trânsito nos dois sentidos e ainda o estacionamento regular de veículos, por vezes, se criam situações de risco, seja para motoristas, seja para pedestres”.

Demarcação de Áreas

Debora solicita que o Executivo proceda de imediato a demarcação das áreas que tiveram direito de uso concedido a empresas para que estas possam iniciar suas obras. Ela cita o Expresso Descalvado e a Ecovital Distribuidora Comercial Ltda Me.

“Para que estas empresas possam iniciar as obras a Secretaria Municipal de Planejamento, Desenvolvimento, Obras e Serviços Públicos precisa demarcar as áreas, identificando o espaço a ser ocupado. Esse processo tem demorado, causando atrasos no início das obras, e, consequentemente, prejuízo às empresas e ao desenvolvimento econômico da nossa cidade”, diz.

“Essas empresas, ao concluírem suas obras e iniciarem as atividades, irão gerar novos empregos e renda para a população descalvadense”.

Moção de Apoio

Debora é autora de Moção de Apoio ao professor Fábio Ruy, primeiro colocado no processo eleitoral para o cargo de diretor da ETEC Prof. Jadyr Sales, em atendimento às postulações da maior parte dos integrantes da comunidade acadêmica.

“O descalvadense Fábio Ruy é docente do Ensino Técnico Profissional desde 2011 e participou do processo eleitoral para o cargo de diretor e obteve o maior número de votos para tornar-se Diretor, entretanto, foi nomeado o segundo colocado”, salienta.

A vereadora conta que existe um abaixo-assinado, dirigido à Diretora Superintendente do Centro Paula Souza para que esta situação seja revista e para que o professor Fábio Ruy assuma a direção da ETEC em Porto Ferreira seguindo o resultado das urnas.

“A eleição é um processo democrático, legítimo e foi devidamente auditado por comissão composta pela unidade escolar e por fiscais de cada candidato”, conclui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *