CÂMARA MUNICIPAL DESCALVADO

Do Estado de São Paulo

Cidadãos Honorários

Câmara Municipal de Descalvado concedeu a honraria por iniciativa dos vereadores Luisinho Panone e Vagner Basto, na noite de 13 de dezembro

Por iniciativa dos vereadores Luisinho Panone (PSD) e Vagner Basto (Republicanos), a Câmara Municipal concedeu títulos de Cidadania Honorária a Daniel Bagatini, Hugo José Policastro e a Valdemir Guimarães Dias em sessão solene realizada na noite de sexta-feira, 13 de dezembro.

A Cidadania Honorária é o título de maior honraria concedida pela Câmara Municipal a pessoas de elevada importância para o Município pelo que fez sem visar lucros, interesses pessoais ou profissionais, em defesa do povo da cidade que lhe concedeu a honraria. Equivale a uma adoção oficial.

Daniel Bagatini

Daniel Bagatini nasceu em Rodeio Bonito (RS). É casado com Paula Lopes Bagatini. É graduado em Direito. Vive em Descalvado desde 2012. Ingressou na Polícia Militar em 2001, servindo por 11 anos nas cidades de Limeira, Araras, Leme e Santa Cruz da Conceição.

Em 2013, tomou posse como Procurador Jurídico do Município de Descalvado. Em 2018, assumiu o comando da Procuradoria Geral do Município, onde comanda o planejamento, coordenação, controle, execução e representação do Município nos feitos judiciais e administrativos.

Hugo José Policastro 

Hugo José Policastro nasceu em São Paulo, em 1º de dezembro de 1932. É casado com Amélia Gandolfi Policastro, e pai de César Augusto, Márcio Aurélio e Cláudio Adriano.

É graduado em Contabilidade e Economia, e pós-graduado em Administração. Possui inúmeros cursos e especializações nas áreas de economia, finanças e administração.

Atuou como contador e auditor em várias empresas, tendo desempenhado as funções de contador, gerente administrativo e diretor administrativo financeiro na Mineração Jundu no período de 1962 a 1998.

Foi fundador e Diretor Administrativo da Engemasa, sócio gerente da Parcel Agropecuária (de 1981 a 1986) e diretor administrativo financeiro da Cooperativa Agrícola Mista do Vale do Mogi Guaçu.

Foi diretor Secretário, diretor Vice-Presidente e diretor Presidente do Sindicato da Indústria de Extração de Minerais não Metálicos do Estado de São Paulo.

Valdemir Guimarães Dias

Natural de São Carlos, o tenente coronel PM Valdemir Guimarães Dias é casado com Elenice Aparecida Paschoal Dias. Ingressou na Polícia Militar em 1986. Foi promovido a cabo em 1989. Ingressou na Academia de Polícia Militar do Barro Branco em 1990, tornando-se oficial em 1993.

Serviu nas cidades de São Paulo, Jardinópolis, São Carlos, Sumaré, Ribeirão Preto, Franca e Sertãozinho. Desde fevereiro de 2019, assumiu o comando do 38º BPM/I.

É bacharel e Mestre em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública; fez cursos de Técnica de Ensino, Instrutor de Técnicas de Condução de Viatura Policial, Policiamento em Eventos, Direção Defensiva e de Técnicas Básicas de Utilização de Equipamentos Não Letais e Defesa Pessoal.

Na carreira, recebeu Láurea de 1º Grau; e medalhas Marechal Castelo Branco, Heróis de 32, Esplendor dos Heróis da Paz, Mérito Cabo Carlos Adalberto Ilha de Macedo, Comemorativa dos 40 anos do CPI-3, Ordem do Mérito das Forças de Paz, Jubileu de Prata e Mérito dos Pacificadores.

Vagner Basto e Daniel

Vagner Basto e Hugo

Luisinho Panone e tenente coronel Valdemir